Todas as ideias geniais pareceram estúpidas à partida.

4.6.10

♥ BLANK

Por vezes penso que vivo num mundo completamente alien e depois apercebo-me que eu é que sou uma pessoa muito estranha, que pensa demais sobre tudo e nao larga um assunto até lhe fazer comichao e vomitos.

É. Pesada a descrição mas faz parte da encomenda.

No outro dia tive outro desses inumeros momentos BLANK em que o meu cerebro bloqueia em algo que alguem disse e penso que ou a pessoa falou chinês ou eu entendi mal... ou, de novo, sou alien. E como foi algo que ja tinha ouvido antes e que me tinha produzido igual BLANK mental, fiquei em transe ainda por mais tempo e nao havia forma de o tirar da cabeça sem escrever sobre o assunto.

Um casal de amigos veio-nos visitar. Nenhum de nós tem filhos, somos todos novos e bonitinhos (well, nao damos vomitos a ninguem, vá) entao imaginam os loves com paciencia para passear sem interrupções nem olheiras nem um rameloso a chorar pela mãe. Levámo-los por todos os sitios mais bonitos da regiao e estava optimo para tirar fotos pois estava Sol e calor, coisa rara por estas bandas.

Até que de repente, ela diz a ele aquela frase que já ouvi antes e nunca percebi: "Olha já viste eles? Temos que tirar fotos assim como eles, vês! Eles posam pras fotos!"

Juro, que sempre que oiço isto fico sem palavras. E fico mesmo, nao digo nada. Para mim eu e o meu marido nao estamos a fazer nada que nao façamos no dia-a-dia se estivermos, sei lá, na fila do supermercado á espera da nossa vez ou a ver um filme na TV. Meia volta olhamos nos olhos um do outro, abraçamo-nos, fazemos festas nas costas um do outro ou damos um beijo.

Estes meus amigos estao noivos e nunca, durante os dias que ca estiveram, os vi a trocarem um beijo ou um olhar cumplice, daqueles em que se vê o tal de love, mas nunca me apercebi disto até ela dizer a ele que nós 'pousamos' pras fotos se estamos a sorrir um para o outro apaixonadamente.

Se alguem nos quer fotografar e nos diz: esperem aí um bocadinho - ou -  estejam á vossa vontade eu vou tirando! - nós estamos como quem espera na fila do supermercado. Olhamos um para o outro, ás vezes olhamos para o fotografo e sorrimos. Se estamos quase a cair, como aconteceu nas rochas da praia, rimo-nos. O 'fotografo' apanhou isso tudo, mas tb fotos estranhas em que parece que eu acho que o ar cheira mal. lol

Já em Portugal disseram-nos o mesmo. Quando casámos foi só pelo civil, uma festa simples e nem contratamos fotógrafo (acho que todos os fotografos de casamento sao uma trampa). Os convidados tiravam as fotos que queriam o que torna tudo mais giro e verdadeiro e a uma dada altura perguntaram-nos: "Estiveram a planear todas as fotos que iam tirar? É que voces têm poses espectaculares!!"

BLANK.

Mas será que os casais que se amam só sorriem um para o outro ou se abraçam ou riem quando estao a pousar para as fotos? Sério?

♥ Matilda | matilda.writing@gmail.com

9 comentários:

Marabunta & Framboesa disse...

eu, se tirasse uma fotografia cada vez que beijo o meu namorado, ficava logo sem rolo eheheh ah já não é com rolo...whatever! sim não percebo qual é a mística dos casais (nós) que trocam gestos de ternura entre eles... somos uma espécie em vias de extinção! :)

Matilda disse...

Fico mto feliz por saber que tb dás mtos beijinhos em publico ;)

Rui Caldeira disse...

Eu nem nas fotos sorrio , só quando tenho a certeza que vou ter acção na horizontal ao fim do dia . . isto se os "ramelosos chorões" forem dormir cedo . . caso contrário tenho de recorrer à minha vasta biblioteca de sites porno :)

Fábio Silva disse...

Eu não sou muito fotogénico, confesso. Nem gosto muito de tirar fotografias. Prefiro viver o presente, em vez de lembrar o passado. Contudo, prefiro sempre as fotos que saem quando estamos distraídos.
Surpreendes-me sempre Matilda.
Abraço

Matilda disse...

Rui, estes meus amigos tb nao estao habituados a sorrir nas fotos. Parece que é uma nova moda, simplesmente olhar para a câmara.

Matilda disse...

Fábio,

quando viveres no estrangeiro vais queres tirar fotos para mostrar á família onde estás e o que tens feito. Valem mais que mil palavras ;)

rita disse...

Olá Matilda :)

Obrigada pelas tuas palavras. Estou muito atrapalhada com exames, mas soube-me bem chegar a casa e lê-las.

Entretanto, estavas a falar de momentos blank? Já tive alguns do género, mas nada tão despropositado como este. A verdade é que há gente quem nem no dia-a-dia é natural e acabe sempre por fazer poses...

Falta dizer que gostei do teu blog, a sério :)
rita

Matilda disse...

Oi Rita,

Soube-me mto bem ler as tuas palavras. Especialmente porque algumas bloguistas, supostamente escritoras, nao sei, ainda ha poucos dias disseram que andaram a ler o meu blog e que eu escrevia muito mal, com tudo mal conjugado e cheio de erros.

E pelos vistos o conteudo também era muito mauzinho, nem sequer digno de deixar comentário.

Eu acho que este eu blog á daqueles casos que muita gente odeia, principalmente gente que na verdade nao sabe ler as letrinhas todas pelo que elas sao e se sentem atacadas por tudo.

Neste caso eram escritoras e diziam que eu parecia ter o nariz empinado quanto á minha escrita. Depois também descobri que eram mães uma delas a tempo inteiro. Deve ser do stress.

:P

rita disse...

Só reparei numa falha tua: os há, à, á, etc. :P
mas não me faz confusão nenhuma, repara. O que se passa é que não te leio como se lê um livro, leio como uma conversa. Umas vezes de forma rápida, outras mais hesitante, completamente à vontade. Assim como a escrever, num blog que é meu, que guarda muito de mim, também ponho virgulas se me apetece, maiúsculas se me apetece e smiles se bem me apetece. E suponho que também dê um ou outro erro, mas não é daí que vem mal ao mundo, certo?

A pessoas stressadas só se responde com um "ok" e um sorriso ;)

beijinhos